Como consertar vazamento da caixa de descarga

Silenciosos, os vazamentos são problemas comuns e que muitas vezes demoram a ser percebidos. Contudo, esses pequenos vazamentos podem causar grandes desperdícios. Para se ter uma ideia, um vazamento constante pode consumir até 7,5 litros por minuto, contabilizando cerca de 25 mil litros de água desperdiçados por mês.

Além do impacto ambiental que o desperdício de água causa, há também o financeiro, que pode ser percebido no aumento da conta de água (fique sempre de olho!). Por isso, é recomendável consertar esse problema o quanto antes.

Antes de falarmos como consertar o vazamento da caixa de descarga, vamos, primeiramente, verificar se ele existe.

Como verificar se existe vazamento da caixa de descarga?

É bem simples! Preferencialmente pela manhã, quando ainda não utilizado, ou em outro momento em que as paredes do vaso sanitário estiverem secas, coloque um pedaço de papel higiênico embaixo da saída de água. Se estiver havendo vazamento, o papel começará a umedecer.

Outra forma bastante fácil de fazer a verificação é despejando um pouco de pó de café na parte interna do vaso. Se estiver com vazamento, a água vai escorrer e traçar o seu caminho até o fundo do vaso, lavando esse pó e evidenciando que está com problema.

Confirmado o vazamento, como faço para consertar?

Problema no flapper (comporta)

Entre as principais causas estão os problemas com o flapper (também conhecido como comporta), que é a borracha que controla a saída de água da caixa acoplada. Com o tempo de uso, ela acaba ficando desgastada e, consequentemente, não vedando tão bem quanto antes. Com isso, a água consegue infiltrar-se ao redor dessa comporta e acaba escorrendo para o vaso sanitário.

Para testar se o problema está nela, pegue uma vareta, abra a caixa de descarga e force essa comporta para baixo. Se o vazamento da caixa acoplada cessar, é sinal que o problema está na comporta e que ela precisa ser trocada. Para instalar uma nova é só seguir as instruções que estão na embalagem do produto.

Defeito na válvula de alimentação e/ou boia

Se com o flapper está tudo ok, mas ainda assim o vazamento continua, é hora de inspecionar o tubo de alimentação.

A ponta do tubo de alimentação deve estar acima da linha d’água. Se estiver abaixo, vai ser necessário cortar para que fique acima. Feito isso, verifique se a válvula de alimentação tem sinais de desgaste e teste a boia.

Caso o flutuador esteja mal regulado, a água que está dentro do tanque vai subir, ficando acima do tubo extravasor e sairá água constantemente, ocasionando o vazamento. Aperte o botão da descarga e procure por vazamentos na válvula de enchimento. Levante o braço da boia quando estiver enchendo de água e verifique se a água para de vazar no vaso.

Dobre ou ajuste o braço da boia, para que ela pare de encher quando o nível de água alcançar cerca de 2 ou 3 cm, abaixo da parte superior do tubo extravasor. Caso a válvula de alimentação tenha problemas para fechar completamente, ou atrapalhe a operação do braço da boia, será necessário trocá-la.

Se você fez esses procedimentos e não teve sucesso com o vazamento, recomendamos que você entre em contato com um profissional especializado para que ele possa solucionar esse problema.

Fonte: https://www.desentupidoragiracano.com.br/

Leave a Comment