Como economizar na reforma da casa

Saiba como economizar na reforma da sua casa. Dicas e sugestões para você reformar toda sua casa gastando pouco dinheiro.

Não é incomum ouvir dizer da reforma da casa: “Gastei muito mais do que previa para reforma de minha casa!”, ou “foi praticamente o dobro do valor estimado”, entre outras afirmações espantosas. Realmente, o sonho da casa reformada pode tornar-se um grande pesadelo se alguns cuidados não forem observados com atenção. Confira os cuidados que devem ser tomados para evitar gastos repentinos no orçamento.

Um conceito popular a respeito de reforma é: “Planejar de nada adianta, pois sempre surge um imprevisto”. Esta afirmação é considerada por especialistas como mito, podendo margear o absurdo. Uma reforma consciênte e segura requer planejamento e cálculo, além de uma profunda pesquisa sobre custo-benefício de materiais e mão de obra especializada, podendo assim levantar um orçamento mais detalhado e consequentemente, mais organizado.

Um dos piores pecados na reforma é o famoso termo “eu sei resolver isto”. Atitudes como estas podem causar transtornos inimagináveis como obras irregulares, acidentes e até mortes. A melhor coisa a se fazer é contratar mão de obra realmente competente para sua reforma (leia-se arquiteto, engenheiro e técnico de obras).

Em relação aos materiais, o ideal é comprar sempre um pouco mais do que o orçado e calculado. Muitas vezes podem surgir algum emprevisto, ou mesmo um detalhe que necessita do consumo de mais materiais. Não exagere no excedente! Os profissionais contratados para sua obra farão os cálculos com o máximo de precisão para evitar descartes desnecessários (e é aí que você compensa o valor deles).

Encontre profissionais qualificados aqui www.reformadecasas.com.

O descartes de materiais também é um fator muito importante para uma reforma, devendo ser observado de maneira atenciosa. Reformar a casas, por mais simplória que a reforma se apresente, causa acúmulo de lixo e resíduos. Estes materiais devem ser descartados da maneira correta, evitando inconvenientes com vizinhos e multas que o imóvel pode sofrer. O ideal é alugar uma caçamba para este descarte.

Quanto ao pagamento dos profissionais, opte por fazer o pagamento semanal e sempre recolha os tributos do INSS. Isto evita que você possa arcar com as consequência de um acidente, além de garantir a segurança do profissional contratado.

Então, agora que você já sabe conferiu como planejar sua reforma, aproveite sua reforma de forma agradável e prazerosa, com maior segurança e praticidade.

Leave a Comment